Arquivo de outubro de 2013

Sete dicas para largar o cigarro

Postado por em 30/out/2013 - Sem Comentários

Sete dicas para largar o cigarro

O cigarro é motivo de inúmeras complicações de saúde, como dificuldade em respirar, tosse, etc., e também causa muitas doenças graves como câncer, enfisema pulmonar ou ataques cardíacos. Apesar dos fumantes saberem dos enormes riscos contidos na nicotina, a dependência química dificulta o processo de abdicar da droga. Listamos sete dicas que irão fazer com que você largue o cigarro:

  1. 1. Faça do momento que você decidir largar o cigarro um momento único! Relaxe e respire fundo. Seja positivo e pense que você não necessidade do tabaco em sua vida;
  2. 2. Elimine o café e as bebidas alcoólicas de sua vida. Mude sua rotina alimentar e busque atividades diferentes quebrando associações entre seu comportamento e o hábito de fumar. Beba água, cerca de 8 copo por dia, pois ela é ótima aliada contra a desintoxicação do organismo;
  3. 3. Evite recaídas enquanto não se sentir forte o suficiente para negar um cigarro oferecido. Pare de frequentar lugares com fumantes pelo menos durante o período mais difícil do processo;
  4. 4. É de duas semanas o tempo necessário para todos sintomas de abstinência sejam eliminados. Aguente! Entenda que fumar não resolve seus problemas, e momentos difíceis fazem parte da vida;
  5. 5. Pratique exercícios físicos e de relaxamento muscular, esticando os braços para relaxar os músculos, por exemplo. Sempre que pensar em cigarro, mude o foco da sua mente. Hobbies são ótimos para isso;
  6. 6. Não fume o cigarro da nostalgia! Aquele “só um pra relembrar os velhos tempos” é a porta de entrada para uma recaída e mandar todo seu esforço por água a baixo;
  7. 7. Mas caso a recaída aconteça, entenda que não é um fracasso, apenas um obstáculo a mais. Comece tudo de novo, ficando atento aos erros que lhe levaram a voltar ao vício. Faça o processo ao seu tempo, quantas vezes for preciso até se livrar desse mal terrível. Encontre, mesmo que virtualmente, grupos de apoio ou contato com ex-fumantes de sucesso para saber que é possível sair desse pesadelo.

Largando o cigarro você irá sentir os maravilhosos benefícios de ser livre desse vício: você terá mais energia física para aguentar sua rotina e praticar exercícios com mais qualidade, não terá problema de tosse ou bronquite crônica, haverá diminuição nos risos de doenças cardíacas, enfisema e vários tipos de câncer. Além disso, terá mais dinheiro, pois economizará a fortuna gasta em cigarros.

Quer saber como se livrar definitivamente do tabagismo? Acesse http://comoparardefumarcigarro.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

O risco que os fumantes passivos correm

Postado por em 23/out/2013 - Sem Comentários

O risco que os fumantes passivos correm

O cigarro é um mal tão grande que não afeta apenas aqueles que são viciados nessa droga lícita, pois em muitas ocasiões é ainda mais prejudicial para quem não fuma do que para o fumante. Um estudo realizado em 1993 nos Estados Unidos concluiu que a fumaça do cigarro em um ambiente, inclusive aberto, é um cancerígeno do Grupo A, o mais grave. Por isso, se você convive com fumantes, tenha cuidado. Se você fuma perto de amigos os familiares, saiba que a vida deles pode estar em um risco maior que a sua.

No ano da pesquisa foram recolhidos dados comprovando que a inalação passiva de fumaça foi responsável pela morte de 3.000 pessoas devido a complicações do câncer de pulmão. Aquelas pessoas que não fumam tem maior chance de adquirir alguma doença respiratória quando convivem com algum fumante, especialmente se isso ocorrer na mesma casa ou ambiente.  Nessas situações, a mulher é mais propensa a adquirir câncer de pulmão.

No entanto, quem mais sofre com o fumo passivo são as crianças. A grande maioria dos casos de doenças respiratórias nos pequenos é decorrente ao convívio com alguma pessoa que fuma. Geralmente isso ocorre porque um dos pais é fumante e além de problemas como bronquite e pneumonia, doenças cardiovasculares acabam se tornado comum quando adultos. Quando a mãe fuma, os malefícios para a criança são maiores devido ao maior contato que ela tem do que o pai.

Você não precisa ser a causa de tantos problemas para sua família ou seus amigos! Acesse http://comoparardefumarcigarro.com/ e descubra como se livrar do cigarro para sempre!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Os efeitos do cigarro no cérebro

Postado por em 16/out/2013 - Sem Comentários

Os efeitos do cigarro no cérebro

Os malefícios do cigarro são tantos que é difícil mensurar qual é o mais perigoso. Além de ser a causa de problemas nos pulmões e no coração, o tabagismo, nome que se dá à dependência física e psicológica do tabaco, é determinante para que haja vários danos ao cérebro do dependente. Muitas vezes a lesão só é percebida quando ocorre aneurisma cerebral ou derrame, mas ela pode ser mais sutil e muito prejudicial.

Cientistas realizaram um estudo na Universidade de King’s College, em Londres, na Inglaterra, e determinaram que o tabagismo também afeta a área do cérebro responsável pela memória. Cerca de 9 mil pessoas foram distribuídas em grupos e submetidas ao teste de memorização que foi repetido 4 e 8 anos depois. De acordo com a pesquisa, o grupo dos fumantes teve o pior índice de sucesso. Isso acontece porque os efeitos decorrentes do cigarro afetam as partes do cérebro ligadas à cognição, o que dificulta a memorização e consequentemente o aprendizado.

Outros estudos sobre os efeitos do tabaco mostraram que, ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, em especial fumantes, não é tranquilizador. A nicotina é rapidamente excretada pelo organismo e, ao contrário do que é erroneamente conhecido, a pessoa se sente muito tensa e ansiosa até acender o próximo cigarro. A tranquilidade que é sentida é o vício sendo realimentado, mas que levará à ansiedade quando o efeito passar. É o círculo vicioso do cigarro que mantém a pessoa dependente até o dia que decide parar e ter uma vida melhor.

Você não precisa ficar à mercê dos malefícios do cigarro que diminuem seu tempo e qualidade de vida! Quer saber como se livrar definitivamente do tabagismo? Acesse http://comoparardefumarcigarro.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Cigarro causa envelhecimento precoce

Postado por em 09/out/2013 - Sem Comentários

Cigarro causa envelhecimento precoce

Os malefícios causados pelo cigarro são tantos que os médicos escolhem qual a forma mais eficiente para convencer seus pacientes a largar essa droga terrível. Mas fatos preocupantes como o aumento considerável da chance de quem fuma adquirir doenças graves como câncer e infartos, ou poder ser o causador dessas enfermidades aos fumantes passivos como amigos ou familiares, às vezes não é suficiente. Sendo assim, profissionais da saúde tem apelado para outro argumento: a estética e a vaidade dos pacientes.

A ação do cigarro tem influência direta no envelhecimento precoce da pele. É normal o aparecimento de rugas em todo mundo conforme o passar do tempo, mas o fumante tem esse processo acelerado em quase quatro vezes. Por isso, quem fuma não possui as pequenas rugas que acompanham outras pessoas, em seu lugar os primeiros sinais são vincos grossos no rosto, rugas profundas ao redor dos olhos, da boca e nas bochechas.

Um único cigarro mantém os vasos sanguíneos contraídos por cerca de 90 minutos, e, dessa forma, o sangue para de circular, a pele recebe menos oxigênio que o necessário e as rugas se formam. A falta de sangue também desbota a cor da pele e faz com que haja perda de número de células gordurosas no rosto, que ajudam na sustentação da pele. Assim, os ossos da face ficam saltados e as bochechas aprofundadas, deixando quem fuma com a aparência de doente. A vasoconstrição melhora após alguns meses sem nicotina no corpo, por isso é tão importante largar o vício.

Quer saber como se livrar definitivamente do tabagismo? Acesse http://comoparardefumarcigarro.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Largue o cigarro e viva mais

Postado por em 02/out/2013 - Sem Comentários

Largue o cigarro e viva mais

Nenhum fumante desconhece os malefícios do cigarro. Apagado, ele libera várias substâncias prejudiciais à saúde. Aceso, são quase 5 mil (!) componentes tóxicos que entram em seu sistema e quadruplicam o risco de morte por doenças do coração como o infarto. Uma em cada cinco mortes por problemas no coração ou no sistema circulatório é causada pelo fumo, sendo que os fumantes passivos possuem 30% mais chance de contraírem uma doença cardíaca.

Mas o vício causado pelo cigarro é tão forte, que a maioria das pessoas tem muitas dificuldade para largar o tabaco. No entanto, existem formas de parar de fumar com segurança e os benefícios para a sua saúde são inúmeros. Os médicos confirmam que se aumenta drasticamente a expectativa de vida sem ter o cigarro no sua vida, mesmo após ter fumado e quanto mais cedo, melhor.

 

Largar aos… Se ganha…
60 anos 3 anos
50 anos 6 anos
40 anos 9 anos
30 anos 10 anos

 

Alerta-se para quem quer largar o cigarro evitar alguns “tratamentos” popularmente conhecidos como “parar de fumar fumando”. Muitas pessoas acreditam ao substituir o cigarro por um tipo diferente irá resolver o problema. Não há níveis seguros para estas substâncias que fazem tanto mal quanto o tabaco, portanto, não são indicados charutos, cigarros de palha, narguilé, cachimbo ou qualquer outro similar. Até mesmo o cigarro eletrônico, proibido no Brasil, não contém evidências científicas positivas sobre ajudar a largar a dependência da nicotina.

Quer saber como se livrar definitivamente do tabagismo? Acesse http://comoparardefumarcigarro.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.