A influência do cigarro

A influência do cigarro

A nicotina presente no cigarro, mesmo sendo uma droga lícita, provoca dependência química tão forte ou até maior do que substâncias como a maconha e a cocaína. Estima-se que o cigarro causa cerca de cinquenta vezes mais mortes do que qualquer outra droga, além de diminuir a expectativa de vida de quem fuma. Devido ao seu uso frequente são milhões de pessoas no mundo todo que sofrem com problemas causados pela droga, desde casos de tosse crônica até câncer ou enfisema pulmonar, condições graves que podem levar à morte.

Isso decorre do conteúdo de sua composição que possui gases tóxicos, inseticidas, pesticidas e mais de quarenta substâncias cancerígenas. Por isso, quem se vicia na nicotina tem muitas dificuldades em abandonar o que se torna hábito, rotineiro em seu dia a dia. Embora as crises de abstinência possam ser controladas por sprays ou chicletes, há uma influência muito grande também na mente de quem fuma.

Por muito tempo, especialmente da metade do século XX até a década de 1990, houve um grande trabalho de publicidade e marketing para fazer com que as pessoas tivessem o desejo de fumar. Dessa forma, com o vício que o produto provoca muitas vezes tudo que era necessário é fazer com que a pessoa fumasse o primeiro cigarro, que a nicotina faz com que ela tenha essa “necessidade”.

Hoje em dia, com a preocupação com a saúde e a informação disponível, se sabe do mal que o tabaco faz, mas mesmo assim muitos não sabem como se livrar do vício. Quer saber como se livrar definitivamente do tabagismo? Acesse http://comoparardefumarcigarro.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *